#237 “O Afeganistão é ruim de invadir” – com Tanguy Baghdadi

Saudações pessoas! No Viracasacas dessa semana recebemos ele, o magnânimo professor de relações internacionais e host do Petit Journal: Tanguy Baghdadi! E vamos falar de Afeganistão, assunto deprimente pra caramba, já que o Viracasacas não é um podcast leve. Começamos falando da origem do Afeganistão como nação, das guerras coloniais e do pau seco que os ingleses tomaram em todas elas. Depois falamos da fundação do Afeganistão como um reino, do processo de modernização que guiou o país após a Segunda Guerra Mundial. O processo de modernização levou à aceleração de diversos conflitos internos (entre um interior feudal e teocrático e áreas urbanas num acelerado de transformação) e acabou culminando na queda da monarquia. Cinco anos mais tarde o país foi tomado pela Revolução de Saur, um levante socialista apoiado por diversos setores descontentes da população. A Revolução priorizou a reforma agrária e a secularização, chegando a conceder direitos políticos às mulheres, mas isso acabou acirrando os conflitos no interior do país. Esse cenário de instabilidade levou à disputas sangrentas entre duas facções de socialistas. A intervenção da União Soviética e sua posterior ocupação iniciou uma guerra sem precedentes num país já marcado por conflitos. Milícias regionais, de cunho étnico ou religioso, que já eram apoiadas pela CIA desde antes da ocupação soviética passaram receber ainda mais apoio e conseguiram ganhar a guerra. Desses grupos de Mujahidi viria a surgir mais tarde o Talibã (traduzido do pashto: os estudantes) um grupo marcado por sua interpretação do Islã que mistura uma adesão ao salafismo junto com códigos e costumes étnicos do povo pashtun. Em 1996 tomariam o Afeganistão e em 2001 se tornariam inimigo público número 2 dos Estados Unidos, atrás apenas da AlQaeda, grupo terrorista saudita que operava entre o Afeganistão e o Paquistão. Afeganistão invadido, Osama Bin Laden morto, governo provisório montado e depois de 20 anos de ocupação assistimos ao inevitável desmoronamento. De quem é a culpa? O que vai acontecer com o Afeganistão? Seria o fim da era das ocupações sob pretensões de nation building? Vamos discutir.

Referências

Viracasacas #147 Para Entender o Irã – com Tanguy Baghdadi

Politics Theory Other – The Taliban on the Verge of Victory – with Paul Rogers

Petit Journal – Talibã S.A. – De onde vem a grana?

Tariq Ali – Debacle in Afghanistan

Jamil Chade – Corrupção, deserção e traições: a história da vitória do Talibã

Constable – The Taliban has successfully built a parallel state in many parts of Afghanistan

Dicas Culturais

(Livro) O Afeganistão depois do Talibã

(Documentário) Bitter Lake

(Podcast) Nós da Imprensa

Apoie o Vira! clique aqui
Escute o Vira no seu agregador de podcasts preferido, em serviços de streaming como o Spotify ou diretamente do site do feed – podendo fazer download do mp3 se preferir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: