#224 O Brasil no CPIverso

Saudações pessoas! No episódio dessa semana Gabriel Divan e Carapanã discutem a CPI da Pandemia – o mais novo e assustador reality show do Brasil. Falamos monte sobre os depoimentos, seus bastidores, suas mentiras com detalhes sobre o direito e a política que embasam a comissão. Aproveitamos pra desmentir as narrativas mais comuns do Bolsonarismo e mostrar, de uma vez por todas, como o plano desses caras para o país foi o que nos levou a essa situação calamitosa. Enquanto o presidente faz mais cosplay de líder querido e amado, o Brasil se prepara para uma provável e devastadora 3a onda da pandemia. Que Deus tenha misericórdia dessa nação – porque o governo não tem nenhuma.

Referências

‘It’s a nightmare.’ How Brazilian scientists became ensnared in chloroquine politics

O Sabotador: como Bolsonaro agiu, nos bastidores e em público, para boicotar a vacina

Desespero e solidariedade em Manaus

Os crimes que cercam a família Pazuello

Dicas Culturais

(Palestra) Militares e Operações Psicológicas no Brasil

(Filme) Marighella

– –
Escute o Vira no seu agregador de podcasts preferido, em serviços de streaming como o Spotify (abaixo) ou diretamente do site do feed – podendo fazer download do mp3 se preferir em viracasacas.libsyn.com


– –

Expediente
Pai-Fundador: Felipe Abal
Apresentação: Gabriel Divan e Carapanã
Capas: Gui Toscan
Edição de Áudio: Thiago Corrêa & Estopim Podcasts

#223 Anatomia do “tratamento precoce” – com Victor Silva

Saudações pessoas! Nesse episódio do Viracasacas recebemos o jornalista Victor Silva (no Twitter: @detetivevsilva) para uma conversa sobre um embuste nacional: o chamado “tratamento precoce”. Desde março do ano passado o bolsonarismo usou o aparato estatal para tentar impedir medidas de isolamento e políticas de contenção da COVID-19. Um dos motivos alegados para a não adoção de medidas de isolamento social foi a existência de um suposto “tratamento precoce”, um procedimento simples que consistiria no uso de medicamentos baratos e, naquele momento, sem eficácia comprovada – hoje todo mundo sabe que não funciona. O nosso convidado destrincha o movimento em torno do “tratamento precoce”, para além das falas de Bolsonaro e outros políticos bolsonaristas. Através do acompanhamento das redes que articulam esse movimento ele nos traz a perspectiva de pacientes e médicos que se aglutinam e se movimentam em torno da aprovação social e política do erro médico. Por que tantos médicos aderiram a esse procedimento? Por que tantas pessoas acham que o uso de remédios sem eficácia as salvou da morte? Por que apesar do Brasil ser um dos piores países no combate à pandemia tanta gente AINDA insiste nessas narrativas? Há interesses econômicos por trás da difusão do embuste que é o “tratamento precoce”? Todas essas perguntas e mais um monte de outras foram respondidas em mais um episódio imperdível do Viracasacas. Taca-lhe o play!


Clique e confira artigos de Victor Silva no blog “Crônicas do Titanic”

Dicas Culturais

(Livro) Autonomia operária

(Série) House

(Série) Mundo visto de cima

(Série) Brasil visto de cima

(Filme) Som do Silêncio

– –
Escute o Vira no seu agregador de podcasts preferido, em serviços de streaming como o Spotify (abaixo) ou diretamente do site do feed – podendo fazer download do mp3 se preferir em viracasacas.libsyn.com

– –
Expediente
Pai-Fundador: Felipe Abal
Apresentação: Gabriel Divan e Carapanã
Capas: Gui Toscan
Edição de Áudio: Thiago Corrêa & Estopim Podcasts

#222 “De volta ao mapa da fome” – com Denise de Sordi

Saudações pessoas! Nesse episódio do Viracasacas recebemos a historiadora Denise de Sordi (@d_desordi) para discutir o retorno do Brasil ao Mapa da Fome. Denise é Doutora em História Social pela Universidade Federal de Uberlândia e especialista em história dos programas sociais brasileiros. Começamos discutindo como o Brasil foi um país pioneiro no combate à fome em anos recentes, algo importante dado o histórico de que sempre fomos um país assolado pela fome. Falamos sobre a história das políticas de combate à fome e como se deu a implantação dos programas sociais brasileiros. A volta ao Mapa da Fome coincide com uma estranha obsessão por parte de veículos de imprensa em fazer notícias glamourizando a carestia e oferecendo “dicas” para substituir alimentos. Por fim, falamos do impacto da pandemia e da destruição, desde 2016, de muitos instrumentos de combate à fome criados e ampliados pelas esquerdas brasileiras. Tudo isso agravado pela insegurança que as inúmeras “reformas” contra os trabalhadores produziram nos últimos anos. Tudo isso é preocupante, já que como disse uma vez um líder político brasileiro: “A fome não produz revolucionários, produz pedintes”.

Confira artigos de Denise de Sordi

(Tese) Reformas nos programas sociais brasileiros: solidariedade, pobreza e controle social (1990-2014)

(Reportagem) Os valores de solidariedade do Bolsa Família. E seus limites

(Artigo) Reformas nos programas sociais brasileiros: solidariedade, pobreza e controle social

Dicas Culturais

(Livro) Renda Básica e Cidadania: a resposta dada pelo vento

(Filme) A Voz Suprema do Blues

(Filme) Você não estava aqui

(Jogo) Black Mesa

– –
Escute o Vira no seu agregador de podcasts preferido, em serviços de streaming como o Spotify (abaixo) ou diretamente do site do feed – podendo fazer download do mp3 se preferir em viracasacas.libsyn.com


– –
Expediente
Pai-Fundador: Felipe Abal
Apresentação: Gabriel Divan e Carapanã
Capas: Gui Toscan
Edição de Áudio: Thiago Corrêa & Estopim Podcasts

#221 – “Eles vivem (e mugem) com Ira Croft, Andrei Fernandes e Marcos Keller

Saudações pessoas! No episódio dessa semana recebemos novamente a grande Ira Croft (@Iracroft) que dessa vez está acompanhada dos fabulosos Andrei Fernandes (@Andreizilla) e Marcos Keller (@MarcosKeller), podcasters no Mundo Freak Confidencial (@Mundo_Freak). Juntos vamos discutir cinema e política no filme “Eles Vivem” (1988), obra-prima do diretor John Carpenter. Carpenter foi um dos diretores mais influentes na década de 1980 e criador de sucessos como “Halloween” (1978), “Fuga de Nova Iorque” (1981), “A Coisa” (1982) e “Os aventureiros do bairro proibido” (1986). “Eles Vivem” é provavelmente o filme mais político de Carpenter. Lançado uma semana antes da eleição que daria a vitória a George Bush Sr., antes vice-presidente e depois sucessor de Ronald Reagan, “Eles Vivem” é uma crítica ácida e direta à ao estilo de vida dos Yuppies e à pobreza e desigualdade geradas em decorrência das políticas econômicas da Era Reagan. Falamos sobre a cinematografia de “Eles Vivem” em paralelo com o universo histórico e político que o filme habita – e também abordamos as recentes tentativas de apropriação do filme pela extrema-direita, repudiadas veementemente pelo diretor. Coloque seus óculos escuros e venha conosco!

Confira os projetos do colegas do Mundo Freak:

(Site) Mundo Freak
(Podcasts) Mundo Freak Confidencial & Aconteceu Comigo
(Podcast) Magikando
(Podcast) Arco43 Podcast

Dicas Culturais


(Livro) A República das Milícias
(Livro) As Diferenças em Comum: Deleuze, Marx e o Agora
(Livro) Daisy Jones and the Six
(Filme) Tropas Estelares
(Filme) Fuga de Nova York
(Filme) Clube dos Canibais

– –
Escute o Vira no seu agregador de podcasts preferido, em serviços de streaming como o Spotify (abaixo) ou diretamente do site do feed – podendo fazer download do mp3 se preferir em viracasacas.libsyn.com


– –
Expediente
Pai-Fundador: Felipe Abal
Apresentação: Gabriel Divan e Carapanã
Capas: Gui Toscan
Edição de Áudio: Thiago Corrêa & Estopim Podcasts

Acima ↑