#186 – A Seita Q Dodói

Minasan, kon’nichiwa! Nessa semana a roleta do assunto aleatório do Viracasacas girou furiosamente e convidamos Alcysio Canette (no Twitter: @alcysio) – advogado, jornalista e podcaster no Lado B do Rio e no Piores Crimes do Mundo – para uma conversa sobre seitas, milenarismo, Japão, animes capitalismo em crise e política. No mundo contemporâneo dominado pelo realismo capitalista, a falta de segurança, dignidade e esperança produz sujeitos vulneráveis. A conclusão não é nova e não é nossa, mas remete a uma discussão sobre a proliferação de seitas e cultos no Japão da década de 1990, cujo ápice foi o ataque de gás sarin no metrô de Tóquio levado a cabo pela seita Verdade Universal. Evangelion e outros animes das décadas de 1980 e 1990 reproduziram com maestria a angústia juvenil e a solidão do capitalismo decadente de um Japão recessivo, que hoje tomou de assalto o planeta. A proliferação de cultos, seitas e credos milenaristas – que remetem à vida de evento de destruição ou renovação – se tornou um fenômeno global graças à internet e à economia dos cliques. Nesse episódio falamos sobre como a teoria conspiratório do QAnon tem mais similaridades com seitas como Falun Gong e os Moonies
especialmente em sua instrumentalização política pelo establishment conservador global – do que com um movimento político. O maior poder desse tipo de mobilização é a sua capacidade de esconder o óbvio: enquanto Donald Trump encarcera crianças que pedem asilo na fronteira e as separa de suas famílias, os seguidores de um movimento que o considera um ser divino dizem que outras pessoas fazem isso. Pastora Flordelis que o diga! As explicações falsas e totalizantes, a predação do desespero e a destruição do tecido social para o ganho de poucos são as consequências de ambos.

Referências do Episódio (dá aquele Google!): 

– The Cult Problem in Present Day Japan
– The dark propaganda strategy behind Falun Gong’s Media Group
– 2 lawyers on Trump defense team shared Epstein as a client
– The lawsuit accusing Trump of raping a 13-year-old girl, explained
– Jeffrey Epstein: Filthy Rich
– QAnon Is Now Involved in an Alleged Child Kidnapping Case
– QAnon Promotes Pedo-Ring Conspiracy Theories. Now They’re Stealing Kids.
– ‘Pizzagate’ gunman pleads guilty as conspiracy theorist apologizes over case
– Alt-Right Troll To Father Killer: The Unraveling Of Lane Davis
– ‘To the Moon and Back: A Childhood Under Influence’
– O Anime Mais Solitário de Todos – A Filosofia de Neon Genesis Evangelion

Dicas Culturais

(Podcast) QAnon Anonymous Podcast

(Livro) Espere agora pelo ano passado

(Livro) Homens imprudentemente poéticos

(Filme) Uma mulher alta

(Filme) Tetsuo: The Iron Man

(Documentário) Goddo Supīdo Yū! Burakku Enperā

(Série) O Grito: Origens

 

 

#185 A cruzada contra os dados – com Lucas Lago

Saudações pessoas! Hoje vamos falar sobre jornalismo de dados, estatística e sobre como a militância bolsonarista e seus asseclas bem pagos têm mentido sobre números – especialmente aqueles relativos à pandemia da COVID-19. Para isso convidamos Lucas Lago (no Twitter: @lucaslago), engenheiro e jornalista de dados, responsável por um trabalho fundamental no campo.

Discutimos a recorrente boataria a respeito de que haveria “menos que 100 mil mortes por COVID”, que circula tanto no zap quanto nas colunas de opinião dos bajuladores mais influentes. Falamos também sobre as maneiras como esquerda e direita se mobilizam no Twitter, discutindo um artigo com dados das hashtags. A aprovação recorde de Bolsonaro no Datafolha e a melhora em outras pesquisas também foram abordados à exaustão – inclusive o fato de que muitos concordam que o governo fez uma gestão porca da pandemia mas não culpam o presidente pelas mortes. A relação dessa aprovação com o Auxílio Emergencial, demonstrado por um substancial crescimento entre os mais pobres e desempregados, coloca questões para o bolsonarismo em sua aliança com a Faria Lima, e o caminho aberto para uma potencial reeleição. Bolsonaro, pelo visto, aprendeu que é melhor maquinar seu delírios autoritários de boca fechada… e já ensaia adiar ou cancelar o Censo, única pesquisa capaz e produzir dados exatos sobre o real impacto da COVID-19 no Brasil.

Material de Referência

Núcleo: Jornalismo, Dados, Transparência

Inumeráveis – Memorial dedicado à história de cada uma das vítimas do coronavírus no Brasil

Projeto7C0 – Arquivador de Tweets apagados de grandes figuras políticas

Genealogia de uma hashtag: como ações coordenadas da direita nascem no Twitter

Bot ou não: quem segue os candidatos a presidente?

Pandemia expõe limitações em dados de óbitos do registro civil

Dicas Culturais 

(Artigo) The Moral Character of Cryptographic Work

(Anime) One Piece

(Livro) A Arte de Viver para as Novas Gerações

(Filme) Colonia

(Podcast) A Grande Guerra – Leandro Demori

 

**   ACESSE/BAIXE O EPISÓDIO -AQUI!

 

#184 Novo capitalismo: velho normal – com Startup da Real

Saudações pessoas! Nesse episódio o Viracasacas recebe Startup da Real (no Twitter @ startupdareal) para uma conversa sobre como a febre do empreendedorismo de palco funciona como uma máquina de
propaganda do capitalismo tardio. Auto-ajuda sempre foi um gênero muito popular no Brasil e no mundo, mas sua forma e seu crescimento na atualidade têm uma relação íntima com as políticas de precarização
do neoliberalismo. A criação de “cases de sucesso” artificiais e a cultura de glorificação do risco alimentam um indústria de venda de soluções impossíveis, que servem ao duplo propósito de enriquecer seus arautos e perpetuar uma ideologia baseada na espetaculização do capitalismo tardio. Enquanto as novas tecnologias continuam a erodir os muros que separavam a vida privada do trabalho, uma nova fronteira da exploração do trabalho se abre através da promoção de medicamentos e drogas que prometem melhorar sua performance. O desejo de construir algo é compreensível… e nada disso incluir jogar sua vida pela janela para colocar dinheiro no bolso de gurus do sucesso fácil.

 

PS: Nosso convidado é best seller!! 

Já conhece o “Este livro não vai te deixar rico”  ?

Dicas Culturais

(Documentário) Fyre Festival: Fiasco no Caribe

(Filme) A Noite dos Desesperados

(Livro) Sociedade do Cansaço

(Livro) 24/7 – capitalismo tardio e os fins do sono

(Video) The Late Capitalism of K-Pop

(Video) Cuck Philosophy

 

#183 – “O dossiê ozônio” com Nada Tá Bom Nunca

Saudações pessoas!

Estamos chegando, mas não é com os refrescos. De novo contando com as presenças incríveis de Moara Juliana , Vítor Santi e Bruno “Tucho” Ferreira, o glorioso podcast do olho parado, Nada Tá Bom Nunca – carinhosamente conhecido como NTBN – chega de novo junto com a gente para cruzarmos a fronteira e adentrarmos nos meandros desse lugar maluco em que se transformou o país que habitamos. Twin Peaks é mato!

Entre pessoas recomendando ozônio (é, aquele, da camada – e do buraco) como tratamento não muito convencional, passando por um Ministro da Justiça terrivelmente aparelhado e advogado privê de alguns teleamigos presidenciais, estamos mais uma vez em looping da desgraça: sobra para Damares, Pazuello, Moro e Alicia Silverstone (sim, acredite). Tem dossiê mal explicado voando para lá, e gente correndo do país para cá. Não tente entender, só tome a pílula azul: isso, a azul, você vai precisar de energia por aqui, jovem.

 

Siga o NTBN no Twitter! E a Moara, o Vitor e o Tucho!

Dicas Culturais:

Vírus – Rádio Comunitária

Lorena – documentário

O Mundo da Sinuca – vídeos

Umbrella Academy – série

Queime Depois de Ler – filme

Violet bent backwards over the grass – disco

 

Acima ↑